CHAMADO

CHAMADO

Digamos que eles vençam:

Deus, criador de coisa nenhuma.

A corrupção, ato comum.

A prostituição , prática corriqueira.

As drogas, moeda preciosa .

 

Digamos que eles vençam:

A escola, um depósito de robôs.

A universidade, a formação de selvagens.

A família, um amontoado de pessoas.

A televisão, a fórmula mágica.

 

Digamos que eles vençam:

A violência, o mote principal.

O desrespeito, caminho prioritário.

Intolerância, linguagem universal.

A riqueza, obsessão primeira.

 

Digamos que eles percam.

Fé, alimento precípuo da esperança.

Amor, sinal indelével da existência.

Respeito, código absoluto da convivência.

Dignidade, chama que motiva passos.

 

O que você tem feito para ganhar essa guerra?

Junte-se aos soldados da felicidade real.

Combata em prol da paz e da civilidade.

Comece em casa, na rua, no trabalho...

Afinal, o que é a vida sem atitudes?

 

Aldo Luna - 9/09/10