HOMENAGEM AO PRIMEIRO PADRE SALVATORIANO DE BARBALHA

 

HOMENAGEM AO PADRE  SAMUEL QUANDO DA

CELEBRAÇÃO DE SUA FORMAÇÃO SACERDOTAL

 

Senhoras e senhores, meus irmãos  e minhas irmãs em Cristo!

A emoção que nos envolve neste momento nos remete para os anais da história da igreja e de nossa cidade como um dos fatos recentes mais marcantes.  O nascimento de um novo padre simboliza mola propulsora da esperança,  da efetivação da fé e da concretude do amor. Hoje é dia de festa no céu e na terra. Não tenho  dúvidas disso.

O que posso dizer, então, se esse padre tem formação embrionária  no nosso grande e inesquecível líder espiritual e intelectual, Pe. Paulo de Sá Gurgel?  O que posso dizer, então, se esse padre, além da formação religiosa  tem  vocação educacional e ajuda a dirigir   uma das maiores escolas do Brasil, O Divino Salvador, fundado pelo Padre Paulo? O que posso dizer, então, se esse padre é o primeiro barbalhense da valiosa ordem dos Salvatorianos?

Há momentos em que  a satisfação e a convicção  têm o poder de expressão melhor do que  as palavras. Portanto, Pe. Samuel,  amante das letras, leia e veja se consegue dimensionar a felicidade de seus pais e familiares como um todo. Veja se consegue decodificar, compreender, interpretar  a   alegria do seu povo barbalhense neste instante. Outrossim, abra bem os olhos  e procure  perceber se é possível dimensionar a  alegria dos nossos eclesiásticos. Não, você não conseguirá. O mais importante é invisível aos olhos. Feche-os, pois, e veja apenas   com as pupilas  do coração. A euforia   é do seu tamanho. Do tamanho de sua dignidade, do seu valioso desprendimento, do tamanho de quem os ama.

Samuel significa literalmente:"Seu nome é Deus", ou, "Nome de Deus". Seu significado contextual significa: "Pedido de Deus" ou "do Senhor o pedí". Certamente, seu nome  não foi escolhido à toa. Em nome  dos barbalhenses, os quais tenho o prazer de representá-los nesta oportunidade, peço-lhe que sinta-se abraçado, energizado   pelos volts de quem teve o prazer de conviver com sua mansidão e interesse  pelo conhecimento. E como é bom poder chamá-lo assim: Padre Samuel. Em Jundiaí ou aqui, onde e quando estiver,  não esqueça: Esse povo  ama você e tem um grande orgulho pela sua vocação.

Por fim, convicto de que o Pe. Samuel será luz, ponte, exemplo ímpar de    Jesus, parabenizo à Ordem dos Salvatorianos, ao mesmo tempo  em que  agradeço  pela formação, pelas oportunidades e pelo cuidado que terá com esse nosso  irmão barbalhense. Aos que me ouvem, um pedido.  Mantenhamos nossos orações  para que os caminhos  pelos quais esse nosso irmão Samuel passar, continuem sendo oportunidades de crescimento e  de mais aproximação  a Deus.  Viva pois , o povo Cariri! Viva Pe. Paulo, fomentador das boas causas! Viva Padre Samuel, semente boa que, em terra fértil , deu bom fruto e virou pescador de homens.

Muito obrigado e parabéns, Pe. Samuel!

                                                                                  Aldo Luna – 9/1/10